CITAÇÕES - ETERNO



“(...) Por isso digo que não seremos para sempre condenados. Não somos monstros! Deus não permitiria nossa existência se não tivéssemos a chance de evoluirmos de alguma forma. Considero até um privilégio maior termos um desafio tão grande em vencer essa tendência primitiva para cometer coisas ruins, dentro de nós. Se temos todas as chances de nos voltarmos para o mal e, se assim não cedemos, é merecido algum crédito por isso, não é? Quanto maior o desafio, maior a recompensa.”
(Aimeé - Paris, 1984)



"Há um eterno Zoroastrismo[1] que permeia nosso “pequeno” mundo. Anjos e, seres como eu, lutam por espaço. Os humanos possuem a maior arma: o livre arbítrio. Muitas vezes ignoram a magnitude dessa dádiva e deixam-se levar por falsas intuições, mas estamos e estaremos sempre por aqui. Rodeando vocês. Esperando a menor oportunidade de roubar-lhes a vida, ou a alma. Como também se pode optar por outro caminho – mais penoso – mas que nos leva, homens, vampiros e anjos, para a evolução contínua." (Edmond - Paris 1984)


[1] O zoroastrismo é uma religião monoteísta fundada na antiga Pérsia, pelo profeta Zaratustra, a quem os gregos chamavam de Zoroastro. Tem seus fundamentos fixados no Avesta e admite a existência de duas divindades (dualismo), representando o Bem (Aúra-Masda) e o Mal (Arimã), de cuja luta venceria o Bem. 



EDMOND

 "A humanidade apresenta certo grau de semelhança quanto aos seus hábitos através dos tempos. O homem evoluiu muito desde a Idade Média, mas algumas novas perspectivas ainda lhes são alheias. Observo que, pelo mundo, sobrevive até hoje a dificuldade em aceitar uma coisa tão simples quanto é o simples fato de coexistir inúmeras crenças e pontos de vista em relação a forma de enxergar o mundo. No que as pessoas acreditam como sagrado. No que elas seguem e respeitam como divino, compreende? Seja em relação às religiões, convicções, mitos etc. Sem falar na tão perigosa política e ideologia exacerbada de muitos países! Paro para pensar sempre e me deparo com um mundo ainda preso às amarras da ignorância. Apesar da vasta tecnologia dos tempos atuais, ainda considero a humanidade banhada em preconceitos e vícios negativos."

Edmond - Paris 1984 




“(...)Existem entidades boas e as que semeiam maldades. O importante é saber que não interessa o que plantam. O mais relevante é aceitar a criatura voltada para a luz, ou voltada para a escuridão que habita em nossas almas. O universo está repleto de coisas que até nossa imaginação não alcançaria, mas não precisa temer. Você possui algo que nenhuma criatura das trevas ousaria atingir: seu coração. Ele é puro. Tens boa índole e és fortemente inclinada para o bem. Humanos assim, dificilmente são atingidos, mesmo em seus momentos de fraqueza. Um coração impuro só precisa de um conselho, ou incitação para cometer crueldades. É onde habita os seres cruéis que acreditas. O demônio, de fato não existe. Não como sempre te ensinaram a crer. Ele é, ou está em nossas escolhas e vocações, se para o bem, ou para o mal. A hipocrisia, a soberba e a ignorância dos homens talvez sejam os piores demônios da humanidade!”
(Edmond – Versalhes, 1687)



"O exorcismo é algo que os homens podem fazer por si mesmos. O verdadeiro arrependimento é o mais poderoso dos exorcismos conhecidos na Terra. Só assim se tira um mal de dentro, ou perto de si. Independente do Deus que acreditas!"
(Edmond, Versalhes,1687)  




" Sabe, eu consigo encontrar Deus em muitas coisas: na natureza, nos humanos de bom coração, inclusive nas crianças, que embora sejam espíritos antigos, ainda não estão corrompidas pelos pensamentos e experiencias daninhas de provações mal sucedidas. Possuem um mundo de escolhas pela frente!
- Ele pode estar em tudo, Edmond! No silêncio ou na escuridão. Deus habita até mesmo nos que são maus. Ninguém é completamente voltado para coisas ruins. Acredito que sempre haverá a chance de recuperar-se pelo arrependimento. Ele ama e acolhe até os que não acreditam Nele." pag 129 


" Mas o coração feminino é também um universo enorme de mistérios, desejos e sonhos. Eu sonhava que meu destino ainda pudesse ser diferente. Nunca deixei de querer uma vida melhor, embora as minhas condições de vida fossem precárias. Há muitos caminhos que são seguidos por falta de escolhas, contudo não haveria de ser o meu caso." pag 13



"Jamais culpa outra circunstancia senão o destino que ordenou que se encontrassem numa época de tanta intolerância. Acredita que no futuro as coisas podem mudar. Estaremos aqui em nosso eterno limbo, mas ela poderá voltar um dia, Edmond, não te esquece disso! Sabes melhor que eu, pois foi você quem me ensinou a acreditar nas reencarnações humanas." 44